Últimos assuntos
» Megadrive 3 tectoy liga e não aparece imagem
Qui Jul 21, 2016 4:45 pm por Odin

» consoles emuladores hoje em dia
Qui Jul 21, 2016 4:37 pm por Odin

» Como fazer uma fonte universal para video games
Ter Jul 12, 2016 12:13 pm por bru_rick

» [Tópico oficial] Assuntos políticos
Dom Jun 12, 2016 7:59 pm por KleberJax

» Saturno não quer ler jogos e discos Me ajudem.....
Qui Jun 02, 2016 5:11 pm por Gudi021

» The Legend of Oasis BR
Seg Maio 30, 2016 5:30 pm por Master Uchiha

» Mega drive 1 Japonês sem som
Sex Maio 20, 2016 8:28 pm por dierry

» Sega Cd com leitor "batendo"
Qui Maio 19, 2016 9:15 pm por Odin

» Tópico Oficial de Aquisições
Qui Abr 14, 2016 11:26 pm por JOSEPH ROBERT

» Documentários e Reportagens Relacionadas a Games
Qua Abr 13, 2016 4:50 pm por JOSEPH ROBERT

Parceiros
Coloque nosso banner em seu blog copiando o conteúdo da caixa de texto.
Forum SEGA Forever

Museu dos games antigos
Colares PSX Fan
B-Mark Database
Login

Esqueci minha senha


A historia da Nintendo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A historia da Nintendo

Mensagem por error em Qui Jul 09, 2009 8:24 pm

O significado da palavra Nintendo pode ser: "Equipare-se aos céus", "Deixe que os céus façam por você", ou até mesmo: "Alcance o paraíso". Esse nome tem a intenção de dar um sentimento de superioridade ao consumidor e ser uma forma de propaganda e marketing com objetivo de comparar a Nintendo a uma "bênção divina" e relacioná-la a Deus.

A Nintendo foi criada por Fusajiro Yamauchi em 1889 e fabricava cartões artesanais de um tipo de baralho tradicionalmente japonês chamado Hanafuda. Em 1950, Hiroshi Yamauchi, bisneto de Fusajiro, fez uma parceria com a Disney para produzir cartas estampadas com seus personagens. Já na década de 60, Hiroshi Yamauchi tentou obter sucesso em outras áreas: fundou uma rede de TV, uma companhia alimentícia - que tentou vender arroz instantâneo, no estilo do macarrão instantâneo - e até mesmo motéis. Mas Hiroshi não consegiu obter o sucesso desejado, as empresas faliram e, ainda por cima, após as Olimpíadas de Tóquio a venda de baralhos diminui, quase levando a Nintendo à falência.

Em meados da década de 1970 a empresa começa a perder mercado para fabricantes de jogos eletrônicos como Bandai e Atari e entra definitivamente neste ramo com a fabricação de pequenos aparelhos eletrônicos equipados com um eram LCD, chamados Game & Watch. O então criador Gunpei Yokoi daria início à era digital da empresa que prosseguiria ao longo das décadas de 1970 e 1980, com a fabricação de fliperamas. Mas os fliperamas da Nintendo não emplacavam nos Estados Unidos.

Então, Shigeru Miyamoto, um designer trabalhando desde 1977 na empresa, fora chamado para criar um jogo que pudesse usar os gabinetes do mal-sucedido Radar Scope. Miyamoto, que não entendia nada de tecnologia, criou um game sobre um marceneiro chamado Jumpman que salvava sua namorada de um gorila. Donkey Kong, lançado em 1981, foi um sucesso, e revelou dois personagens: o gorila-título, e Mario, que se tornaria mascote da empresa.

Após outros arcades bem sucedidos, como Donkey Kong Jr., e Mario Bros., a empresa resolveu investir num console. O Famicom (Family Computer) foi lançado no Japão em 1983, e em 1985 foi lançado nos Estados Unidos com o nome NES (Nintendo Entertainment System). O NES é apontado por "salvar" a indústria de videogames que tinha entrado em crash no ano de 1983, vendendo cerca de 60 milhões de consoles. Com as grandes vendas deste console e dos jogos Super Mario Bros., Metroid e The Legend of Zelda a Nintendo consagra-se definitivamente como líder mundial e torna-se símbolo de toda uma geração. Nessa época, muitas pessoas nem mesmo usavam o termo "console", preferindo referir-se a esse tipo de aparelho simplesmente como "Nintendo".

Em 1989, a Nintendo lançou seu primeiro portátil, o Game Boy, e viu um primeiro grande concorrente surgir: a Sega, com seu Mega Drive. Com a Nintendo lançando a Super NES em 1991, as duas empresas lutaram ao longo dos anos 1990 pelo domínio do mercado dos consoles. A Mega Drive reduziria os 90-95% do mercado da Nintendo a meros 35%, mas jogos como Super Mario World, Street Fighter II, The Legend of Zelda: A Link to the Past, Donkey Kong Country e a série Final Fantasy garantiriam o primeiro lugar de volta à Nintendo.

Em 1995, a Nintendo anunciou seu próximo console, o Nintendo 64, e a Sony, gigante no mundo dos aparelhos eletrônicos, lançou a PlayStation (inicialmente planeado como periférico para o SNES, para ler CD's). Como a consola da Sony usava CDs, e o Nintendo 64 mantinha os cartuchos (devido aos seus tempos de loading serem muito menores), a maioria dos fabricantes abandonou a Nintendo para trabalhar com a Sony. O Nintendo 64 foi lançado em 1996 e foi superado pelo PlayStation, ficando em 3° lugar, atrás também do Sega Saturn, mas garantiu a segunda posição nos EUA.

Em 1996, foi lançado o Game Boy Pocket, versão menor do original, e os primeiros jogos de Pokémon, que garantiram vendas enormes do portátil e viraram uma enorme fonte de lucro para a empresa. Em 1998, fora lançado o Game Boy Color.
Sede da Nintendo em Kyoto, Japão

Em 2001, a Nintendo lançou o sucessor da N64, a Nintendo GameCube. O console sofreu uma dura concorrência da Sony com o Playstation 2, e da recém-chegada Microsoft e o seu Xbox. Também em 2001 apareceu o sucessor do Game Boy, o Game Boy Advance, que foi logo substituido pelo Game Boy Advance SP, que revolucionou o mercado por ser o primeiro com luz própria. Em 2004 foi apresentado um novo consolo portátil, o Nintendo DS, com um conceito inovador: duas telas, sendo uma delas tocável, como nos Palmtops, que recebeu 3 milhões de pré-encomendas no seu lançamento. Este também sofreu uma dura concorrência com a chegada do portátil da Sony o Play Station Portable (PSP). Em 2005 foi lançada uma versão à parte do Game Boy Advance, o Game Boy Micro.

Na E3 de 2005 a empresa anunciou a sua entrada na nova geração, lançando o seu novo console, com o codinome Revolution. Em 2006, esse Revolution mudou de nome para Wii. Para muitos gerou controvérsia, pois não fazia sentido, mas, com o passar do tempo, as pessoas descobriram que fazia todo o sentido, já que para um não-gamer, ao ouvir esse nome e saber que é um vídeo game, ele saberá que este é bem simples e fácil de jogar. Ao final de 2006, foram lançados o Wii(em 19 de Novembro nos EUA e em 2 de Dezembro no Japão) e um de seus rivais, um novo membro da velha família PlayStation, o PlayStation 3, que, junto com o Xbox 360(lançado um ano antes), teria os mais avançados gráficos e som dos vídeo games, mas isso o torna caro demais até mesmo para americanos, custando US$600. A Nintendo, ao contrário, não queria gráficos avançados ainda, mas sim colocar uma nova forma de jogar com o Wii-mote, que acompanha os movimentos dos jogadores e atrair novos gamers para o mercado de vídeo games, e com isso conseguiu a liderança dos consoles.

Em 2006, a empresa lança o Nintendo DS Lite, uma versão mais fina do Nintendo DS original e com melhores gráficos.

Em 2008, foi lançada outra versão do Nintendo DS, o Nintendo DSi, que vem mais fino que o Nintendo DS Lite, mas um pouco mais largo, vem também com duas cameras de o equivalente a 3 megapixels, além de sua melhor conexão.

error
Administrador
Administrador

Mensagens : 1053
Data de inscrição : 08/07/2009
Idade : 23
Localização : Tokyo-to

http://segaforever.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum