Últimos assuntos
» Megadrive 3 tectoy liga e não aparece imagem
Qui Jul 21, 2016 4:45 pm por Odin

» consoles emuladores hoje em dia
Qui Jul 21, 2016 4:37 pm por Odin

» Como fazer uma fonte universal para video games
Ter Jul 12, 2016 12:13 pm por bru_rick

» hello apresentação
Seg Jun 27, 2016 1:54 pm por KleberJax

» [Tópico oficial] Assuntos políticos
Dom Jun 12, 2016 7:59 pm por KleberJax

» Hello World.
Dom Jun 12, 2016 7:22 pm por KleberJax

» Saturno não quer ler jogos e discos Me ajudem.....
Qui Jun 02, 2016 5:11 pm por Gudi021

» The Legend of Oasis BR
Seg Maio 30, 2016 5:30 pm por Master Uchiha

» Mega drive 1 Japonês sem som
Sex Maio 20, 2016 8:28 pm por dierry

» Sega Cd com leitor "batendo"
Qui Maio 19, 2016 9:15 pm por Odin

Parceiros
Coloque nosso banner em seu blog copiando o conteúdo da caixa de texto.
Forum SEGA Forever

Museu dos games antigos
Colares PSX Fan
B-Mark Database
Login

Esqueci minha senha


[Review] Riot Zone [PC-Engine]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Review] Riot Zone [PC-Engine]

Mensagem por Edi (FZ2D) em Qua Jun 20, 2012 10:45 pm

Foi meio difícil encontrar um jogo para meu primeiro review. O jogo teria que ser bom, de um console não muito popular e um estilo que me agradasse, afinal, para fazer um reviews e postar minhas impressões eu teria que joga-lo do começo ao fim.
O estilo de jogo logo veio na minha cabeça. Um estilo que todos gostam. Beat'em-Up. O console.........Bom o console teria que ser um que eu gostasse muito também. Dai escolhi o PC-Engine. Mas um Beat’em-Up bem estilo Árcade para o PC-Engine não é tão comum assim. Foi ai que pesquisando me deparei com esse jogo e logo fui baixando. Se ele fosse realmente bom seria digno de um bom review. Joguei dois minutos e falei pra mim mesmo: É essse aqui!!!




Console: Nec PC-Engine
Formato: Super CD-ROM2
Estilo: Beat’em-Up
Título: Riot Zone
Título Alternativo: Crest of Wolf
Desenvolvedor: Huson Soft/Turbo Technologies, 1992


Riot Zone é um port do Árcade Riot City, lançado pela SEGA e Westone em 1991. O jogo não é bem fiel a versão Árcade como muitos podem pensar, mas ainda assim é um jogo muito bom. Existem várias diferença nas duas versões, mas isso é um mero detalhe, afinal, esse artigo não é uma comparação.

Para quem quiser jogar Riot Zone, notara que apesar de bom, ele não tem nada de original a começar pela história. Você tem dois personagens disponíveis para escolher, Hawk, um policial da cidade de Nova Iorque, e seu sócio, Tony, um punk com moicano e uma tatuagem de estrela na cabeça. Até aí tudo bem, mas vejam a história. A namorada de Hawk foi raptada por uma gangue do subúrbio de Nova Iorque, Dragon Zone, e Hawk e seu amigo Tony partem para resgatá-la e derrubar a gangue da cidade. Putz.......Namorada do alemão de camiseta branca e calça jeans................Isso me é familiar.

Apesar da história clonar na caruda a de Final Fight o jogo é bom e tem gráficos regulares, apesar da pouca variedade de inimigos, fases pouco detalhads e a movimentação dos personagens ser um pouco pobre. Jogando Riot Zone senti falta de qubrar tambores e pegar itens e pegar facas, porretes e pés de cabra no caminho, por que ao contrario da versão original, Riot City, esse jogo não tem. Essa é uma característica muito comum nos jogos estilo Beat’em-Up e a Hudson Soft parece ter esquecido.

A jogabilidade é boa. Quando se aperta os botões I e II simultaneamente os personagens desferem um ataque especial que consome uma parte da energia. Nada de comum também. A clonagem agora parte do Fatal Fury. Hawk faz um ataque idêntico ao Rising Tackle de Terry Bogard, que também é um alemão de calça jeans e camiseta branca e Tony desfere um moinho de Break. Hehehehe.................Um punk que dança Break no mundo dos games é o Duck King. Mas tudo bem. O resto não precisa comentar muito pois é o básico de qualquer Beat’em-Up.

Agora sim vai o ponto alto do jogo: Trilha sonora. Pelo fato do formato do jogo ser em Super CD-ROM2 creio que todos podem imaginar a qualidade do som do jogo, apesar dos efeitos sonoros não ter uma qualidade compatível com as músicas.

Riot Zone é bem difícil, com exceção dos chefes de fase que sempre tem um esqueminha. O jogo dispões de vidas extras em função da pontuação, o que facilita um pouco, pois as fases são tão longas quanto em Cadillacs & Dinosaurs. Vem uma pancada de inimigos ao mesmo tempo e como eu disse anteriormente, não haveram muitos itens pela frente.

Pois é pessoal. Riot Zone não tem nada de espetacular muito menos de impressionante, mas vale a pena jogar pra conhecer. Apesar de ser para apenas um jogador é um bom titulo para se ter na biblioteca de ISOs ai no seu PC e passar aquele sabadão de chuva na pancadaria. Um detalhe é que mesmo Riot Zone ter passado longe de ser um best seller como Final, Fight e Streets of Rage foi relançado em Janeiro de 2008 no Wii Virtual Console, mas uma opinião particular minha, é que mesmo Riot Zone sendo um bom jogo, existem jogos muito melhores para se investir 800 Wii Points.


Screenshots

Spoiler:









Gráficos: 4


A movimentação dos personagens tem pouquíssimos quadros de animação e as fases poderiam ter mais detalhes.


Som: 6


O jogo até que tem bons efeitos sonoros, mas nada de impressionante, porém a trilha sonora desse jogo foi muito bem elaborada. Pena que em fases mais avançadas as músicas começam a se repetir.


Desafio: 6,5


O jogo tem uma ótima dificuldade, pois aparecem muitos inimigos ao mesmo tempo, porém os chefes parecem uma mosca morta e o mais fácil de todos por incrível que pareça é o ultimo.


Jogabilidade: 7


Os comandos são bem precisos e não tem muito que comentar. Os controles respondem bem aos personagens, mas qual é o Beat’em-Up que não tem boa jogabilidade?


Diversão: 6


Jogo muito divertido. Da pra perder umas horas e se jogar pela terceira ou quarta vez ainda não estará enjoativo, porém a Hudson Soft quando portou esse jogo para o PC-Engine cometeu o maior dos pecados: O jogo é apenas para um jogador!


Nota Geral: 5,9


Eu considero um jogo com uma nota dessas é bom. Só acho que um jogo com uma nota dessas não impressionaria ninguém e pra quem curte Beat’em-Up com maior variedade de movimentos e melhores gráficos é melhor migrar para outros da categoria mais manjados. Infelizmente a variedade desse tipo de jogo no PC-Engine é baixa.




Meteria original desse review postada em 23 de janeiro de 2010 Cool

Edi (FZ2D)
Fanático
Fanático

Mensagens : 4256
Data de inscrição : 08/01/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo/Zona Leste

http://www.edireviews.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum