Últimos assuntos
» Megadrive 3 tectoy liga e não aparece imagem
Qui Jul 21, 2016 4:45 pm por Odin

» consoles emuladores hoje em dia
Qui Jul 21, 2016 4:37 pm por Odin

» Como fazer uma fonte universal para video games
Ter Jul 12, 2016 12:13 pm por bru_rick

» hello apresentação
Seg Jun 27, 2016 1:54 pm por KleberJax

» [Tópico oficial] Assuntos políticos
Dom Jun 12, 2016 7:59 pm por KleberJax

» Hello World.
Dom Jun 12, 2016 7:22 pm por KleberJax

» Saturno não quer ler jogos e discos Me ajudem.....
Qui Jun 02, 2016 5:11 pm por Gudi021

» The Legend of Oasis BR
Seg Maio 30, 2016 5:30 pm por Master Uchiha

» Mega drive 1 Japonês sem som
Sex Maio 20, 2016 8:28 pm por dierry

» Sega Cd com leitor "batendo"
Qui Maio 19, 2016 9:15 pm por Odin

Parceiros
Coloque nosso banner em seu blog copiando o conteúdo da caixa de texto.
Forum SEGA Forever

Museu dos games antigos
Colares PSX Fan
B-Mark Database
Login

Esqueci minha senha


[Review] Halloween [Atari 2600]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por B - Mark em Sab Jul 07, 2012 10:43 pm

Análise: Halloween ( Atari 2600 )



Título: Halloween
Plataforma: Atari 2600
Gênero: Adventure / Survival Horror
Fabricante: Micro Graphic Image
Distribuidor: Wizard Video Games
Ano: 1983



Capa baseada no cartaz do filme


Cartucho


Cartaz do filme de 1978 em que este jogo foi baseado

Um dos pioneiros no survival horror
Atualmente os jogos do gênero survival horror são bem conhecidos entre os gamers; especialmente nos consoles de 32 bits.
Neste gênero temos jogos famosos como Resident Evil e Silent Hill.
Mas o Atari 2600, também teve jogos deste gênero como Haunted House da Atari que foi lançado em 1982 e Halloween da Wizard Video Games de 1983; que aliás é o jogo analisado por mim.

Wizard Video Games: A empresa
A Wizard Video Games surgiu em 1983 como uma divisão da Wizard Video; uma distribuidora de vídeo que tinha os direitos das séries Texas Chainsaw Massacre ( conhecido por aqui como o Massacre da Serra Elétrica ) e Halloween para VHS, viu no mercado de games a possibilidade de ganhar dinheiro fácil distribuindo as versões em games das duas cinesséries de terror tendo como alvo o público adulto.

Para a criação dos jogos a empresa contratou a Micro Graphic Image que era formada por ex-programadores da Apollo.
Uma curiosidade sobre a Wizard Video Games é que ela lançou apenas dois títulos, ou seja Texas Chainsaw Massacre e Halloween antes de fechar; mesmo destino que várias empresas de games que produziram jogos de baixa qualidade para o Atari 2600 tiveram naquela época que foi marcada com o Crash de 1984.

A empresa também anunciou um terceiro título que se chamava Flesh Gordon; uma paródia erótica do Flash Gordon e seria o primeiro jogo erótico da empresa; pegando carona no sucesso dos jogos de mesmo gênero da Mystique mas ele foi cancelado devido as baixas vendagens de seus dois primeiros títulos.

Halloween: O jogo
Halloween foi baseado no filme homônimo de 1978 dirigido, produzido e escrito por John Carpenter e é considerado por muitos um clássico dos Slash Movies ao lado de Friday 13th, A Nightmare on Elm Street e Texas Chainsaw Masscare e também responsável pelo surgimento de clichês de filmes de horrror de baixo orçamento produzido nas décadas de 80 e 90.

O jogo segue a história do filme de 1978, mas os personagens não tem seus nomes mencionados no manual.

O jogador controla uma garota que trabalha como babá de várias crianças em uma casa de 2 andares. Seu nome não é mencionado no manual mas provavelmente seja Laurie Strode e terá que salvar as crianças que estão nas várias salas da casa de um maníaco homicida; o Michael Myers que fugiu do sanatório justamente na noite de Halloween.

Mas nem sempre você terá que fugir do maníaco. Em algumas salas da casa tem uma espada; que mais parece com um crucifixo que pode ser usado para ferir Michael e obrigá-lo a se retirar.

Assim como vários jogos do Atari 2600, Halloween não tem fim e seu objetivo é fazer o maior número de pontos possível; além de salvar as crianças.

Quano a personagem é atingida por Michael, ela é decaptada e seu corpo corre sem a cabeça e espirrando sangue.

Já o garoto tem seu corpo jogado no chão e fica saindo sangue dele.

A cada criança resgatada, o jogo aumenta em dificuldade com o aumento na velocidade do maníaco.

O jogo termina quando você perde suas 3 vidas que são representadas pelas abóboras.

Screenshots







Um jogo controverso com baixa vendagem
Assim como The Texas Chainsaw Massacre, Halloween também teve baixa vendagem; não pela qualidade do título que não é tão bom quanto Enduro, River Raid entre outros clássicos do Atari 2600 mas pelo seu conteúdo violento.

Por causa disso muitos comerciantes se recusaram a vender os jogos temendo sofrer represálias por parte de pais de família cujo filho poderia comprar o jogo.

E como no início dos anos 80 não tinha um órgão de classificação de jogos por faixa etária como a ESRB - Entertainment Software Rating Board isso serviu para piorar a situação da Wizard Video Games que não estava nada boa.

Liquidação do encalhe
Uma das consequências das baixas vendagens de um produto é o encalhe; uma série de produtos que não foram vendidos e que só servem para ocupar o espaço do depósito da firma.

A Wizard resolveu fazer uma liquidação de seus cartuchos encalhados os vendendo sem a label a um preço mais baixo que na época do lançamento.

Estes cartuchos tinham somente o título escrito em uma etiqueta e de forma manual; mas mesmo assim a vendagem foi baixa devido a outro motivo que é a falta da label e da etiqueta com o título escrito a mão fez com que muitos consumidores pensassem que se tratasse de um cartucho pirata que é conhecido por lá como Bootleg.

O Angry Video Game Nerd tem um desses cartuchos que ele usou para fazer o seu review.

Um objeto de desejo de muitos colecionadores
Apesar de sua baixa qualidade se comparado aos clássicos do Atari 2600; Halloween é muito procurado por colecionadores de games e também por colecionadores de material referentes a filmes de horror pelo fato de ser raro e também por ser um dos primeiros jogos de video game a possuir sangue.

Já eu como colecionador de games tenho até hoje meu multicart pirata com este jogo que marcou minha infância.

Halloween no Brasil
Por aqui o jogo teve seu nome mudado para Sexta Feira 13.

O motivo desta mudança é um mistério. Mas acho que isso ocorreu porque Michael Myers e Jason são semelhantes em suas concepções: Assassinos mascarados.

Nunca vi cartuchos individuais com ele; só vi multicarts de 4 jogos produzidos pela Milmar; também responsável pelo Dactar, um dos clones do Atari 2600.

Mas ao se jogar o jogo logo se percebe que ele não é baseado na série do Jason por causa da música tema do Halloween e também na forma em que as vidas do jogador são representadas em formas de Jack - o - Lantern; as abóboras que são ícones da data comemorativa.


Multicart Dactar com Halloween: Nome mudado por razões desconhecidas


Jason? Não, é o Michael Myers

Minha opinião sobre Halloween

Meu pai comprou este cartucho para mim em 1989; antes de ganhar meu Master System no Natal daquele mesmo ano.
No caso um multicart de 4 jogos.

Na época achava que era baseado na série do Jason por causa do título Sexta Feira 13; mas só descobri a verdade quando joguei no emulador Stella de um amigo meu e quando coloquei no Halloween vi que era o meu jogo que chamava de Sexta Feira 13.

Nunca vi um filme da série Halloween mas tenho interesse nela; especialmente pelo primeiro de 1978 onde tudo começou mas joguei o jogo quando era criança e me lembro de sua música sinistra que era tocada em um sistema limitado como o Atari 2600 e também por ser o primeiro jogo onde vi sangue.

B - Mark
Experiente
Experiente

Mensagens : 283
Data de inscrição : 18/03/2011
Idade : 37

http://www.b-mark.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por Odin em Sab Jul 07, 2012 11:56 pm

Eu tenho esse jogo, em um cartucho igual a esse, acho que é o mesmo cartucho Laughing

Joguei a rom dele por muitos anos, mas a primeira vez que o joguei foi em um CCE Supergame que um amigo tentou consertar, conseguimos joga-lo por alguns minutos e se divertimos muito, depois esse amigo me deu esse e outros cartuchos da CCE e Dactar que ele tinha, mais um controle Dynastic e um controle praticamente nunca usado que vendi ao Joseph recentemente.

Acho interessante esse nome trocado pela Milmar, eu tenho outros cartuchos da Dactar aqui que nem sei o nome original dos jogos, como Corredor Cosmico, Patrulha estelar e outros que não lembro agora, esse Sexta Feira 13 só descobri a rom original dele porque o nome éra obvio, "Halloween" Laughing

_________________



Odin
Moderador
Moderador

Mensagens : 3785
Data de inscrição : 05/03/2010
Idade : 30
Localização : Palácio Valhalla - Asgard

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por JOSEPH ROBERT em Dom Jul 08, 2012 12:22 am

Eu já tinha visto essa sua análise em outros fóruns B - Mark! É uma excelente análise!
Odin, eu tenho quase certeza que o jogo Patrulha Estelar tem o nome original de "Planet Patrol". Depois posta as imagens desses 2 jogos para que possamos averiguar!

_________________
Meu Facebook

JOSEPH ROBERT
Moderador
Moderador

Mensagens : 1390
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 42
Localização : RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por Edi (FZ2D) em Dom Jul 08, 2012 12:24 am

Não conhecia esse jogo. Me parece muito interessante e o review esta ótimo Very Happy
Só não concordo com a utilização do tema Survival Horror, sendo que o genero surgiu em 1992 com Alone in the Dark.

Esse jogo deve ser divertido pra cacete Razz Me amarro em jogos simples aonde o objetivo único é estourar o placar de pontos Very Happy
+REP pra você B-Mark. Espero ver mais de seus reviews nessa sessão Smile

Edi (FZ2D)
Fanático
Fanático

Mensagens : 4256
Data de inscrição : 08/01/2010
Idade : 31
Localização : São Paulo/Zona Leste

http://www.edireviews.blogspot.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por Odin em Dom Jul 08, 2012 1:04 pm

JOSEPH ROBERT escreveu:Eu já tinha visto essa sua análise em outros fóruns B - Mark! É uma excelente análise!
Odin, eu tenho quase certeza que o jogo Patrulha Estelar tem o nome original de "Planet Patrol". Depois posta as imagens desses 2 jogos para que possamos averiguar!
Joseph infelizmente me enganei com o Patrulha Estelar, eu não tenho esse jogo, mas tenho quase certeza que vi ele em algum lugar, e acho que foi aquela fita de Dactar que lhe falei que vi para vender naquela loja Laughing

Mas o Corredor Cósmico eu tenho aqui, aqui esta a imagem do jogo:



Ja os outros jogos da Dactar com nome em português que tenho éra Futebol II e Damas, acho que o Damas o nome é em português, o jogo original deve ter outro nome, mas não tenho certeza... Por coincidência o cartucho do Sexta Feira 13 que tenho é o mesmo que o B-Mark postou Laughing



Ainda estou lhe devendo se ainda tem para vender aquela fita do Tennis da Dynacom para Atari, quando for lá vou ver se ainda tem ela, e essa fita do Patrulha estelar. Por acaso você tem esse cartucho do Sexta Feira 13 ou o jogo Halloween em outro cartucho?

_________________



Odin
Moderador
Moderador

Mensagens : 3785
Data de inscrição : 05/03/2010
Idade : 30
Localização : Palácio Valhalla - Asgard

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por JOSEPH ROBERT em Dom Jul 08, 2012 1:57 pm

Esse jogo Corredor Cósmico eu realmente não sei dizer qual é o real nome dele. Tanto ele quanto o jogo Sexta Feira 13 eu somente tenho em fitas da marca Dacta e Apple Vision (talvez eu tenha nos Ataris com jogos na memória, porém preciso ligá-los para poder lembrar). Eu tenho esses 2 jogos nas seguintes combinações:
Fita Apple Vision com 2 jogos:
- River Raid 3 e Sexta Feiira 13
Fita Dactar com 4 jogos:
- Venture, Sexta Feira 13, Frostbite e Enduro;
- Corredor Cósmico, Gangster Alley, Infiltrate e Jawbreaker;
- Megaforce, Stamped, Triângulo das Bermudas e Sexta Feira 13.

_________________
Meu Facebook

JOSEPH ROBERT
Moderador
Moderador

Mensagens : 1390
Data de inscrição : 05/05/2010
Idade : 42
Localização : RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por Pegasuskyu em Dom Jul 08, 2012 4:42 pm

Deixa eu ajudar com o tópico?

Sobre o filme Halloween - O dia das bruxas macabro:



Começa com sua trilha sonora, um marco para os filmes de terror da época! Brilhantemente criada por John Carpenter, é um estilo de música marcante, que cria um ar de suspense deixando o filme com um clima ainda mais pesado. Convenientemente, a música tem um ritmo acelerado, dando um ar de 'se ficar, o bicho.....'

O que a Wiki importada diz sobre a trilha sonora?


O outro maior motívo para o sucesso de Halloween é sua trilha sonora, particularmente, o tema principal. Na falta de uma trilha sonora sinfônica, a música consiste em um piano tocando a melodia em uma linha de 10/8 ou "5/4 complexo", que foi composta e tocada por John Carpenter, seu diretor. O crítico James Bernardinelli disse que a música é "Relativamente simples e sem sofisticação", mas admite que "a música do filme é uma das mais fortes já criadas".
Carpenter disse em uma entrevista que "Eu posso tocá-la em qualquer teclado, mas eu não consigo ler ou escrever uma nota." Nos créditos finais, Carpenter brinca consigo mesmo, dizendo que foi a "Orquestra Filarmônica de Bowling Green (Boliche verde)" que toca a trilha sonora, mas ele diz que recebeu a assistência do compositor Dan Wyman, um professor da Universidade de San José.
Sobre a heroina do filme, Jamie Lee Curtis, ela faz o papel da provável protagonista do jogo: a dona Laurie Strode.


Pegasuskyu
Colaborador
Colaborador

Mensagens : 553
Data de inscrição : 11/10/2011
Idade : 43
Localização : Goiânia (Back to my roots...)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Review] Halloween [Atari 2600]

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:24 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum